Loading...

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Indumentaria atual da Prenda



SAIA E BLUSA OU BATA:
Nas apresentações artísticas, o traje feminino deve representar a mesma classe social do homem.

Saia com a barra no peito do pé, godê, meio-godê ou em panos.

Blusa ou bata de mangas longas, três quartos ou até o cotovelo (vedado o uso de “boca de sino” ou “morcego”), decote pequeno, sem expor os ombros e os seios, podendo ter gola ou não.

Tecidos: lisos e mais encorpados, bordados no mesmo tom da blusa, ter o cuidado de escolher cores harmoniosas e lisas, esquecendo as cores fortes, berrantes e fosforescentes.

É vedado usar enfeites dourados, prateados, pinturas à óleo e demais tintas e purpurinas 



SAIA E CASAQUINHO

Saia com a barra no peito do pé, godê, meio-godê ou em panos, sem bordados.

Tecidos: lisos e mais encorpados, não transparente, sem usar enfeites dourados,

prateados, pinturas à óleo e demais tintas e purpurinas. Bordados discretos, ter o cuidado de escolher cores harmoniosas e lisas, esquecendo as cores fortes, berrantes e fosforescentes.

Casaquinho: de mangas longas (vedado o uso de mangas “boca de sino” ou “morcego”),
gola pequena e abotoado na frente.

Obs.: Saia com casaquinho (roupa de época), a saia deve ser lisa. No casaquinho poderá ter bordados discretos.





VESTIDO:
Inteiro e cortado na cintura ou de cadeirão ou ainda corte princesa com barra de saia no peito do pé, corte godê, meio-godê, franzido com ou sem babados
.
Mangas – longas, três quartos ou até o cotovelo, admitindo-se pequenos babados nos punhos, sendo vedado o uso de “mangas boca de sino” ou “morcego”.

Decote – pequeno, sem expor ombros e seios.

Enfeites – de rendas, bordados, fitas, passa-fitas, gregas, viés, transelim, crochê,
nervuras, plisses, favos. É permitida pintura miúda, com tintas para tecidos. 
Não usar pérolas e pedrarias, bem como, os dourados ou prateados e pintura a óleo e demais tintas ou purpurinas.

Tecidos - lisos ou com estampas miúdas e delicadas, de flores, listras, petit-poa e xadrez, delicado e discreto. Podem-se ser usados tecidos de microfibra, crepes, oxford. Não serão permitidos os tecidos brilhosos ou fosforescentes, ransparentes, slinck, lurex,rendão e similares.

Cores – devem ser harmoniosas, sóbrias ou neutras, evitando-se contrastes chocantes.
Não usar preto, as cores da bandeira do Brasil e do RS (combinações)
Na categoria mirim: não usar cores fortes (ex: marrom, marinho, verde escuro, roxo, bordô, pink, azul forte).




SAIA DE ARMAÇÃO
 Leve e discreta, na cor branca. Se tiver bordados, estes devem se concentrar nos rodados da saia, evitando-se o excesso de armação. O comprimento deve ser inferior ao do vestido.









BOMBACHINHA
Branca, de tecido, com enfeites de rendas discretas, abaixo do joelho, cujo comprimento deverá ser mais curta que o vestido.













MEIAS
Devem ser de cor branca e longas, o suficiente para não permitir a nudez das pernas.

SAPATOS

Sapatilha - nas cores preta, marrom e bege, com salto 5 ou meio salto, com tira sobre o peito do pé, que abotoe do lado de fora 

Botinhas - nas pretas, marrom (vários tons de marrom). O salto da botinha é de 5cm.

sapatilhas e botinhas de prenda




Não é permitido: Uso de sandálias e nem de sapatos abertos com vestidos, saias e
casacos e saia e blusa.(em nenhum momento é permitido o uso de sapatos abertos com pilcha feminina).


CABELOS
Podem ser soltos, presos, semi-presos ou em tranças, enfeitados com flores naturais ou artificiais, sem brilhos ou purpurinas.
.
Obs.: O coque é permitido somente para prendas adultas e veteranas.
As flores poderão ser usados por prendas adultas e juvenis, bem como, um pequeno passador (travessa). As prendas mirins não usam flores. Proibido o uso de plástico.


MAQUIAGEM:
Discreta de acordo com a idade e o momento social.
Maquiagem discreta para prendas adultas, veteranas e chinocas. Sombra em tons neutros, blush discreto, máscara para cílios, lápis de olho e batom.

UNHAS:
Para as unhas das prendas, se recomenda cores sóbreas, claras e não devem fazer uso de enfeites na pintura.


JÓIAS:   
    Cuidados: devem ser sempre discretas, de acordo com a idade, a classe e o momento social.
    Uso da pérola: São permitidas as joias e semi-jóias com uso de pérolas, nas cores branco, rosado, cre­me e champanhe, nos brincos, anéis e camafeus.
   Uso de Pedras: permitido, desde que sejam discre­tas.




Prenda Mirim


     Mangas – longas, três quartos ou abaixo do cotovelo, admitindo-se pequenos babados nos punhos, sendo vedado o uso de “mangas boca de sino” ou “morcego”. No verão podem ser curtas, arrematadas com babadinhos.

Decote – pequeno, podendo ter gola ou não.
Enfeites – não sobrecarregar, a fim de evitar a desfi­guração dos modelos. Optar pelos motivos florais delicados e miúdos. Podem ser usadas rendas, bordados, fitas, pas­sa-fitas, gregas, viés, transelim, crochê, nervuras, plisses, favos. É permitida pintura miúda, com tintas para tecidos. Não usar pérolas e pedrarias, bem como os dourados ou prateados e pintura à óleo e purpurinas.
Tecidos  - lisos ou estampados miúdos e delicados, de flores, listras, petit-poa e xadrez. Podem ser usados tecidos de microfibra, crepes, oxford. Não serão permiti­dos os tecidos brilhosos ou fosforescentes, transparentes, slinck, lurex, veludo, rendão e similares.
      Cores – delicadas, suaves e claras, evitando as cores cítricas, o marrom, o marinho, o verde escuro, o roxo, o bordô, o Pink e o azul forte. Vedado o uso de vestidos de cor preta (nem nos detalhes), além de combinações nas cores da bandeira do Rio Grande do Sul e do Brasil.
A cor branca fica facultado para noivas e debutantes.


Bombachinha e saia de armação segue a categoria adulta.


Sapatilhas:
Nas cores: preta, branca, bege e marrom. 
Sem salto ( 1 cm a 2,5cm). Com tira no peito do pé, que feche no lado.

Jóias:
Brincos e anéis delicados, de jóias ou imitações.

Maquiagem:
vedada para mirim.



Material tirado do Livro: 
"Diretrizes para a Pilcha Gaúcha - Traje Atual 
Comentado e Ilustrado"

à venda no MTG e nas DIRETRIZES PARA A PILCHA GAÚCHA ATUALIZADA que se encontra no site do MTG(Movimento Tradicionalista Gaúcho)



























Nenhum comentário:

Postar um comentário